Por: Thayná Carneiro de Souza, 20 anos, Auxiliar de Enfermagem

Em ambientes como clinicas e asilos podemos conhecer as doenças que mais atingem a Terceira Idade e alguns tratamentos eficazes para uma vida melhor e mais tranqüila.

Doenças Cardiovasculares
Principalmente enfarte e insuficiência cardíaca, que por sua vez trazem consigo alguns sintomas: palpitação, falta de ar, inchaço e dores no peito.

Como prevenir?
Pode-se evitá-las ou amenizá-las com a ausência do cigarro, controlando a pressão arterial e o colesterol e praticando atividades físicas sempre que possível.

AVC (Acidente Vascular Cerebral)
Conhecido popularmente como Derrame costuma ocorrer em pessoas sedentárias, hipertensas e com o colesterol elevado.

Como prevenir?
Realizar atividades físicas de forma regular e sistemática, não fumar, e controlar a pressão arterial e peso.

Diabetes
Presente em grande parte da população idosa pode acorrer em casos como sedentarismo, obesidade, e na maioria das vezes é hereditária. Tem como principais sintomas muita sede e o aumento no volume da urina.

Como prevenir?
Dificilmente é curável, mas pode ser controlada e regularizada para que o paciente tenha uma vida normal. Mas é preciso tomar alguns cuidados como controlar o peso e a taxa de açúcar no sangue, e adotar uma alimentação balanceada.

Doenças Ósseas
Na maioria dos casos a mais recorrente é a Osteoporose. Ela pode ocorrer com mais facilidade em pessoas sedentárias e com uma dieta pobre em cálcio. Outra curiosidade é que as mulheres têm sete vezes mais chances de desenvolver osteoporose. Infelizmente é uma doença silenciosa sem muitos sintomas aparentes, sendo percebida somente quando as fraturas começam a surgir.

Como prevenir?
Praticar exercícios físicos de forma regular, não fumar e manter uma alimentação saudável e rica em cálcio.

Osteartrose (Artrose)
Se manifesta em casos de obesidade, traumatismos e hereditariedade. Alguns dos principais sintomas são: dores conjuntas e de sustentação (joelho, tornozelo, ombros e coluna) podendo ocorrer também nas mãos. Em sua maioria, as pessoas afetadas por esta doença são mulheres.

Como prevenir?
Controlar o peso e praticar atividades físicas.

Lembre-se:
Na maioria dos casos acima a ciência ainda não dispõe da cura, mas vem se empenhando para que com o passar dos anos a população da Melhor Idade sofra menos com dores e falta de cuidados e assim, possa aproveitar ainda mais tudo o que a vida pode oferecer!

Para se chegar à Melhor Idade com muita disposição e saúde precisamos começar a nos cuidar bem antes de qualquer ruguinha ou dorzinha aparecer, estando sempre em dia com exames e fazendo ao menos 2 vezes por ano exames completos, afinal quanto antes o problema for diagnosticado e tratado, mais tempo sem dores e sofrimento teremos para aproveitar. Por isso, temos que pensar sempre adiante, com o olhar atento ao futuro para que a nossa vida seja proveitosa do começo ao fim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...