Telemarketing e supermercados são duas áreas que costumam contratar.

O momento atual é positivo para idosos que querem arrumar emprego. Com aumento da expectativa de vida da população e da abertura de novas vagas no mercado de trabalho, os trabalhadores que já estão na terceira idade têm tido mais chances do que nos últimos tempos. Existem alguns setores onde as chances para este público são maiores, já que os idosos costumam ter características muito vantajosas para as empresas, com experiência, disciplina, bom comportamento e pontualidade.

As vagas mais oferecidas para idosos são nas áreas de telemarketing, supermercados, supervisão, treinamento e vendas.

Valentim Antonio Miguel, de 58 anos, é aposentado e ainda está na ativa. Ele trabalha como auxiliar de serviços gerais no recolhimento de carrinhos em um supermercado de Sumaré. Esta foi uma forma de ganhar uma renda extra e de não descuidar da saúde.

Valentim Miguel não é exceção. A loja onde trabalha tem vários trabalhadores com mais de 50 anos, sendo quatro deles aposentados. A característica não é considerada restrição para conseguir um emprego, mas uma virtude que tem muito valor.

De acordo com o gerente Érico Bollis, a loja contrata muitos funcionários pelas vantagens da terceira de idade de relacionamento com clientes e cordialidade. Ainda de acordo com o gerente, não é o fato do funcionário ser idoso que vai impedí-lo de crescer dentro da empresa. “Eu tenho funcionários nesta faixa etária que ainda querem ser gerente, crescer dentro da empresa… É só continuar cumprindo os objetivos e investindo no diferencial”, explica.

Aos 64 anos, a aposentada Maria Simões está disposta a aceitar qualquer oportunidade. Ela já trabalhou como professora, assistente de vendas e recepcionista. Após quatro anos aposentada, sentiu a necessidade de voltar ao trabalho. Preparou o currículo, foi à luta e está feliz porque já foi chamada para a primeira entrevista. Ela pretende usar o salário para trocar de carro e viajar.

O consultor de Recursos Humanos Gilberto Sobrinho explica que o atual momento, de muita demanda por profissionais, favorece os trabalhadores da terceira idade. “A falta de profissionais qualificados tem feito com que as empresas contratem pessoas com mais experiência para suprir a necessidade de preenchimento das posições que estão em aberto”.

O especialista defende ainda que as empresas também ganham trabalhando com funcionários de idades diferentes. A união da experiência dos mais velhos com a energia e criatividade dos jovens pode garantir mais competitividade.

FONTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...