Para estacionar em uma das 1.761 vagas é necessário ter mais de 60 anos e o cartão do idoso.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) aplicou 24.282 multas por estacionamento irregular nas 1.761 vagas de Zona Azul reservadas para idosos desde a criação do cartão do idoso em março do ano passado, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Esses números significam que a cada hora três motoristas paulistanos são multados por cometer essa infração.

O cartão do idoso é fornecido pela prefeitura para permitir o estacionamento de veículos conduzidos ou que transportem pessoas com mais de 60 anos nessas vagas especiais.

“Os motoristas sempre inventam uma desculpa, porque ninguém quer ser pego no flagra cometendo uma irregularidade. Sempre tentam dar um jeitinho”, afirma o diretor da Avitran (Associação das Vítimas de Trânsito), Salomão Rabinovich, ao jornal O Estado de S. Paulo.

Maria Tereza Campos, psicóloga e coordenadora do curso de especialização em psicologia do trânsito da Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul), afirmou ao jornal que o número de vagas para idosos na cidade ainda é insuficiente. Hoje, a capital tem 1,39 milhão de habitantes com 60 anos (12% da população).

As vagas para idosos estão espalhadas principalmente por áreas comerciais e de grande movimento. Para ter o direito de estacionar nesses pontos, é preciso deixar o cartão do idoso visível no painel.

Para conseguir o cartão do idoso, o paulistano com mais de 60 anos deve entrar no site da Secretaria Municipal de Transportes (www.prefeitura.sp.gov.br), preencher o requerimento e enviar o protocolo e cópias do CPF, RG e comprovante de residência para o endereço indicado. Após dez dias da aprovação, o cartão poderá ser retirado na rua do Sumidouro, 740, Pinheiros.

FONTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...