Aparelhos instalados em 20 praças do Rio atraem frequentadores. Meta é chegar a 80.

Rio – Se, num primeiro momento, causaram estranheza entre moradores, os ‘brinquedinhos’ de ferro que vêm sendo instalados em espaços públicos da cidade já conquistaram seu alvo: os idosos. As Academias da Terceira Idade, com aparelhos instalados em praças pela Prefeitura do Rio desde dezembro, caíram no gosto popular.

Em quatro meses, já são 20 unidades. A meta da Secretaria Especial de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida do município é criar 80 unidades até o fim de 2012.

Com 10 aparelhos para atividades de força e flexibilidade, cada uma das academias ao ar livre contabiliza 300 frequentadores diários, totalizando 6 mil beneficiados idosos. Os exercícios são acompanhados por professores de educação física, de segunda a sexta-feira, das 7h às 10h e das 16h às 19h. Embora os aparelhos atraiam pessoas de todas as idades, o serviço de orientação é restrito a idosos.

A aposentada Nilza Rizzi, 70 anos, moradora de Copacabana, vai todos os dias à unidade do bairro, na Praça Serzedelo Correia. “Comecei a me sentir melhor quando iniciei os exercícios”, garante. Nilza aproveita outro efeito positivo: no local fez várias amizades e já tem até grupo fixo para fazer ginástica.

O segurança João de Souza Brito, 42, divide os aparelhos com idosos. “Aproveito que a academia, além de ser perto do meu trabalho, é de graça”.

Ele garante que respeita a preferência dos maiores de 65 anos: “Sempre cedo o meu lugar quando tem idoso querendo usar o aparelho”.

Precauções

Especialistas alertam para a necessidade de avaliação médica. “O aluno deve consultar um médico antes de iniciar a atividade. Deve também usar protetor solar e se hidratar durante a atividade”, diz o geriatra Roberto Lourenço.

O professor de educação física Maurício Nigre ressalta que o idoso não deve se exercitar sozinho. “Deve optar pelos horários em que os professores estão lá”, adverte.

Segundo a secretária de Envelhecimento Saudável, Cristiane Brasil, as academias pretendem oferecer não só saúde como um espaço de convívio. No Largo do Machado, moradores aprovaram a iniciativa. “É bom ter uma opção de lazer perto de casa”, comemorou Carminda Arcanjo, 78 anos.

Disputa por aparelhos

A academia de Copacabana foi a primeira a ser instalada. Foi inaugurada em novembro de 2009 como projeto-piloto. Logo, a novidade, fez sucesso entre a terceira idade. “Os idosos formavam filas nos aparelhos. Em alguns dias, saía até briga para usar o espaço. Mas a prefeitura aumentou o número de equipamentos, e o local se tornou um dos pontos favoritos dos idosos do bairro”, contou o professor de educação física Marcelo Nunes.

Localização

Praça Antero de Quental (Leblon)
Parque Garota de Ipanema (Ipanema)
Pças Serzedelo Correa, do Lido e Edmundo Bittencourt (Copacabana)
Pça Almirante Júlio de Noronha (Leme)
P. Corumbá (Botafogo)
Largo do Machado
Praça Cuauhtemoc (Flamengo)
Praça Barão de Drummond (Vila Isabel)
Praça Xavier de Brito (Tijuca)
Corredor Esportivo e Pq. Man. Bandeira (Ilha)
Praça Pan-Americana (Penha)
Praça Herculano Pena (Cavalcanti)
Pças Carlos Lamarca e do Aviador (Bangu)
Pça Granito (Anchieta)
R. Cândido Benício (Praça Seca)
Pça São Marcos (Barra)

FONTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...