Uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, estudou a depressão em idosos e de que maneira eles podem superá-la. A solução encontrada pelos especialistas foi a prática da arte marcial oriental tai chi chuan.

Para verificação do estudo, 112 pessoas idosas com depressão foram selecionadas. A faixa etária escolhida foi dos 60 anos em diante. Todos passaram por um tratamento farmacológico em um período de quatro semanas.

Do total dos idosos avaliados, 73 apresentaram apenas uma melhora parcial e, com este resultado, os pesquisadores os dividiram em dois grupos. Feito isso, um grupo se submeteu à prática de tai chi chuan durante dez semanas e o segundo grupo frequentou aulas de educação em saúde, durante duas horas por semana.

A pesquisa avaliou níveis de depressão, resistência, ansiedade, cognição, qualidade de saúde de vida e inflamação do sistema imunológico de todos os pacientes no início e ao final do estudo.

— A depressão está entre as psicopatologias mais frequentes em idosos. Investir em exercícios que possam trabalhar corpo e mente juntos, com certeza é muito positivo para minimizar os sintomas da doença — explica a psicóloga Denise Marcon.

O diagnóstico da depressão é associado a uma nota de corte de 10/11. Do primeiro grupo de idosos avaliados que frequentou aulas de tai chi chuan, 94% tiveram pontuação inferior a 10. Com isso, ficou constatado que a adição de um exercício que envolve a mente e o corpo é capaz de melhorar os resultados do tratamento da depressão em idosos, da disfunção cognitiva e também de outras condições médicas coexistentes.

FONTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...