Aconteceu no Rio, de 22 a 25 de maio, o Congresso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia. No primeiro dia, a vereadora Cristiane Brasil participou da palestra apresentando as políticas públicas para idosos no Rio de Janeiro. Cristiane esteve à frente da SESQV (Secretaria Especial de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida) por três anos e mostrou alguns projetos que fazem sucesso na cidade onde 15% de sua população tem mais de 60 anos.

O projeto das Academias da Terceira Idade (ATI), por exemplo, é realizado em 61 praças ao longo de todo município do Rio de Janeiro. Lá, os idosos têm a possibilidade de praticar de maneira alternada exercícios tanto aeróbios quanto localizados, além de trabalhar membros superiores e inferiores. A estratégia é fazer com que os idosos sejam submetidos a exercícios de força e aeróbios de forma sequencial, colaborando, desta forma, com os percalços que eles passam diariamente como subir degrau, carregar algo mais pesado além de outras atividades rotineiras e cotidianas as quais todas pessoas estão submetidas diariamente.

Além disso, a SESQV também oferece o Qualivida. Esse é um projeto presente em mais de 120 núcleos espalhados pela cidade. O Qualivida se caracteriza pelo trabalho de manutenção da autonomia funcional através de exercícios físicos e, também, pela promoção de atividades que atuam relacionadas aos domínios cognitivos (intelecto) e afetivos (relacionamento).

Por fim, ainda existe o projeto Casas de Convivência. Em seis diferentes lugares espalhados pelo município, as Casas oferecem atividades de todos os tipos exclusivamente para idosos. Entre os atrativos gratuitos das Casas estão atividades físicas como Pilates, Yoga, Tai Chi Chuan, Ginástica Funcional e diversos tipos de Danças, passando por aulas de Teatro até atividades mais intelectuais e que exigem mais da memória do idoso como aulas de idiomas como Inglês, Francês e até o próprio Português que muitas vezes necessitam de uma recauchutagem. Ou seja, os projetos da Secretaria Especial do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida (SESQV) atuam tanto com atividades físicas, psíquicas e sociais. Todos eles se completam e visam colaborar com as necessidades as quais os idosos necessitam para que possam manter uma vida saudável com hábitos produtivos além de uma rede social que os permitam viver de maneira adequada e satisfatória se comparada aos padrões de outras faixas etárias.

Fonte: SESQV

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...